La casa de Papel Primeira parte

Relembre TUDO o que aconteceu na primeira parte de La casa de Papel

ATENÇÃO: SPOILER COMPLETO DA PRIMEIRA TEMPORADA DA SÉRIE LA CASA DE PAPEL

A série começa com a personagem principal contando sua história. Descrevendo o dia em que o amor da sua vida foi morto por um segurança durante um roubo. E para se defender, de ladra Tóquio virou uma assassina, após atirar em um segurança. Fugitiva, ela tem seu rosto divulgado em todos os lugares. Após 11 dias, ela sai do esconderijo, e andando pela rua, um carro para e oferece ajuda por saber da situação.
E assim que ela conhece o PROFESSOR. Ele apresenta uma proposta de um roubo único para faturar mais de 2 milhões. E assim começam as reuniões com o professor, onde escondido, ele faz a preparação dos assassinos e ladrões para o grande roubo do Banco Central da Espanha.
Após a preparação, hora de materializar o plano. Pensando em todos os detalhes, estipulando regras e estratégias, escondendo suas identidades com nomes de estados. Finalmente, eles conseguem executar o plano e entrar no banco com sucesso. E com 67 reféns começa os desafios e riscos.
Tóquio se relaciona com Rio e isso causa o primeiro deslize do plano, o descumprimento da primeira regra do professor, e ao sair para enfrentar os policiais, Rio leva um tiro e Tóquio acerta dois policiais ao tentar salvar Rio.

Sexta-feira às 18h25: reunidos em uma sala do Banco, Denver discute com Rio, já acordado do tiro que para a alegria de Tóquio, foi somente de raspão. Berlim chega com a informação de que 2 policiais foram feridos. Após o ocorrido, ligam para falar com o professor sobre o erro cometido. Tóquio discute com o professor novamente. No Banco, uma das reféns é especial, como uma carta na manga. Alison Parker é a filha do embaixador britânico. Berlim dá as instruções para os reféns e Arturo, diretor da Casa da Moeda, se arrisca a fazer pedido para tentar liberar as pessoas com problemas de saúde ou gravidas na tentativa e salvar a amante Mônica. Em seguida Denver brinca com Arturito e entrega armas falsas para os reféns.
Os policiais tentam esconder da mídia que a filha do embaixador era uma das reféns e preparam para entrar no banco. Alisson faz ligação para um programa de rádio ao vivo e passa todas as informações sobre quem ela era e que estava sendo uma das reféns. Prieto detecta a ligação, pedindo para Raquel cortar, tentando evitar que a mídia saiba sobre o ocorrido. Mas tudo era um plano para fazerem abortar a missão de ataque. E foi o que aconteceu! Após o acontecimento, Nairobi começa a dar as ordens para iniciar a fabricação do dinheiro. Raquel vai à cafeteria. Toda inocente, aceita o carregador de um estranho que sentou do ao lado e adivinha quem era o cara? Isso mesmo! EL PROFESSOR NINJA! Tentando se aproximar dela para obter informações.

La casa de Papel monica denver

No banco, dando sequência aos planos, os ladrões levam a refém Mônica para falar em nome dos assaltantes que todos estavam bem e explica que estavam vestidos iguais e uma invasão não resolveria o problema, apenas iria piorar a situação. Berlim conversa com Arturito e seleciona reféns para trabalhar cavando um buraco. Vendo que alguns reféns não estão bem, pergunta sobre quem precisa de remédios e Mônica faz pedido de remédio para aborto. Alison pede para apagar foto intima das redes sociais no celular e isso faz com que a identidade de Rio fosse descoberta pelos policiais. Raquel conversa com professor por telefone e anuncia a identificação de Rio e propondo um acordo. No banco, Arturo convence Mônica a pegar seu celular em sua sala. Berlim tenta descobrir quem pegou o celular e revelou a identidade de Rio. Berlim conversa e como castigo, manda bater em Rio. Em seguida vão até a porta do banco receber os medicamentos. Mônica espera seu remédio na sala de Arturo e consegue pegar o celular. Na cafeteria o professor encontra Raquel novamente. No banco, Denver tenta evitar que Mônica faça o aborto e oferece dinheiro para cuidar do filho. Berlim percebe o dinheiro no macacão de Mônica e encontra também o celular de Arturito. Berlim obriga Denver a matar Mônica. Denver era somente ladrão e nunca tinha matado alguém, por respeitar o pedido do pai Moscou. Tóquio descobre que Rio apanhou e se revolta contra Berlim e Professor. Tóquio também teve sua identidade revelada por câmeras que detectaram ela com Rio antes do Roubo. Denver não consegue matar Mônica e atira somente na perna tentando enganar Berlim. Ele acredita que Mônica estava morta e sai do banheiro. Em seguida ela se esconde em um cofre.

A filha de Raquel some e a mãe dela liga para um número encontrado no celular, achando que era para a polícia, mas acaba ligando para o Professor que se identifica como Salva. O professor aproveita a oportunidade e vai até as barracas da polícia avisar o que aconteceu para Raquel, descobrindo quem era o mais próximo e como os policiais estavam trabalhando. Moscou descobre que Denver matou Mônica, decepcionado com o filho ele fica em choque, passa mal e tenta sair do banco sem avisar, onde é impedido por Denver que pula sobre ele para não relevar suas identidades. Na cafeteria o professor encontra Raquel novamente. Ángel que trabalha e tenta ter um relacionamento com Raquel, vai para a cafeteria dar notícias de que o banco tinha sido aberto e fechado por causa de uma discussão entre os assaltantes. Saindo dos planos para ajudar Moscou, que pede para tomar um ar do lado de fora do banco, vão até o terraço com os reféns para evitar que a polícia ataque. No terraço Denver fala com seu pai Moscou, sobre ter que matar Mônica. Arturo se desespera ao ouvir o que aconteceu e pega a arma dos assaltantes na tentativa de matar Denver. Os policiais ao verem o conflito, ficam atentos para identificar alguém ou atirar, quando Arturo aponta a arma para Denver, todos se abaixam e a polícia dispara em Arturo, achando ser um dos assaltantes.

Moscou descobre que Denver não matou Mônica e planeja pegar os materiais dos Médicos que vão entrar no banco para fazer a cirurgia em Arturito. Os policiais enviam Ángel como enfermeiro entre os médicos, mas o professor é mais esperto e pensando nisso, preparou os assaltantes para colocar um microfone embutido nos óculos de Ángel enquanto revistaram seus objetos pessoais para ver se eles estavam armados. Arturito faz pedido para conversar com sua mulher por celular e acaba falando o nome de Mônica. Durante a cirurgia, Denver deixa cair o bilhete que Mônica pede para entregar Arturo avisando que estava viva, enquanto fazia a cirurgia e pegava o bisturi para tirar a bala de Mônica. Nairobi percebe e pega o bilhete do chão. Enquanto isso outros policiais aproveitam o momento para entrar no banco através da tubulação, mas os assaltantes colocam outras marcaras para os policiais não se misturarem entre eles com as mesmas roupas e mascaras. Fazendo com que a missão dos policiais seja abortada novamente. Nairobi encontra Mônica, Denver e Moscou dentro do cofre tentando tirar a bala da perna de Mônica e ajuda.

Policiais conversam sobre as máscaras e professor começa a ouvir tudo o que planejam, através dos óculos de Ángel. No banco os assaltantes encontram uma teve e se comovem com as notícias sobre eles, desligando a televisão a pedido do professor. Tóquio pressiona Berlim para ligar e falar sobre a morte de Mônica para o professor, sem saber que ela estava viva e professor planeja um castigo para Berlim e avisa sobre o pedido de prova de vida que seria feita pelos policiais em menos de 48 horas. Os policiais descobrem o carro que Tóquio e Rio foram ao banco antes de iniciarem o assalto. E o professor tenta evitar que eles peguem o DNA no carro. Os policiais vão até o ferro velho e encontram um mendigo sem suspeitar que era o professor. Antes do disfarce, ele coloca um botão do jaleco de Berlim como castigo, por ter mandado matar Mônica e os policiais divulgam a identidade de Berlim. Proprietário do ferro velho descreve a aparência do cara que foi ao local e depois tentou fugir. Mas o professor evita que ele dê as informações, ameaçando ele e a família. E a policia suspeita que tenha um espião entre eles e Ángel diz ser o Salva, mas Raquel não acredita, por achar que é ciúmes. Alison e Rio ficam de ‘’papinho’’ e Tóquio sente ciúmes. Alguns reféns começam a se aproximar dos assaltantes, Denver e Mônica iniciam um caso entre os dois e Berlim também se relaciona com uma das reféns que para não morrer, tenta seduzi-lo.

Berlim se revolta com o castigo do professor, que fez a imprensa divulgar sua identidade. Ele vai até o banheiro e encontra Denver e Mônica. Descobrindo que Mônica estava bem, ele liga e mostra para o professor. Os assaltantes e os reféns fazem barulho com tiroteios e gritos. A policia entre em contato para saber o que aconteceu. E começa o próximo passo: as provas de vida. Eles enviam vídeos editados com má resolução e os policiais pedem para fazer as provas pessoalmente. Dessa forma os assaltantes conseguem mais tempo para continuar produzindo o dinheiro. Raquel entra no banco com um microfone na ‘’pepeca’’, mas Tóquio revista ela e encontra, pois é! Ela tirou o microfone da Raquel e entregou para Berlim que falou besteira e pediu para Rio quebrar o microfone. No microfone estava escrito RAYO, na tentativa de fazer Rio lembrar do seu apelido, dado por seus pais e induzi-lo a entrar em contato com os policiais para aceitar uma proposta. Durante prova de vida, Alison se esconde na tentativa de estragar os planos dos assaltantes.

berlim la casa de papel

Ángel vai atrás de Salva e vê seu esconderijo, mas o Professor fingi ser uma fabrica de bebidas. Mas Ángel suspeita e faz pedido de DNA da colher utilizada por Salva na cafeteria e o DNA encontrado no carro dos policiais, após a tentativa de evitar sua identificação através do radio transmissor dos policiais. Rio liga para os policiais e analisa a proposta. Os policiais descobrem o problema de saúde do Berlim e vão até o local onde os medicamentos foram comprados, mas professor rouba os arquivos e Ángel só consegue ver ele saindo de moto. Alison é encontrada e da a prova de vida. Moscou encontra terra ao cavar o túnel que vão fugir. Todos chegam no cofre e comemoram por estar dando tudo certo, mas se descuidam e os reféns planejam pegar armas para tentar fugir do local. Rio é convencido de não aceitar a proposta dos policiais. Mônica e Denver ficam ‘’juntos’’ e Raquel marca encontro com Salva, suspeitando dele, aponta arma e pede para ver a fábrica que Ángel falou e acaba ‘’ficando’’ com Salva/Professor, tirando suas suspeitas, pois o professor alugou um local para enganar Raquel. Ángel descobre que Salva é o professor através do DNA, mas com raiva, pega estrada bêbada e envia mensagens para Raquel. Em quanto isso, os reféns continuam tentando fugir. Arturito tenta salvar Mônica, e pega ela e Denver no ‘’rale e rola’’ e enfrenta Denver (coitado, iludido né), depois disso alguns reféns conseguem fugir e professor entra em desespero. Ángel entra em coma após acidente por dirigir bêbado e Raquel se sente culpada. Os reféns saíram por um portão que estouraram e os assaltantes disputam tiros com os policiais, mas conseguem fechar a saída. Oslo é ferido com pancada de ferro na cabeça pelos reféns e Helsinki entra em desespero ao ver ele ferido.

Oslo fica paralitico e a beira da morte. Assaltantes pensam em liberar Oslo para ir ao hospital, mas Helsinki diz que Oslo avisou que não iria sair em hipótese nenhuma e que poderia deixar ele morrer. A mãe de Raquel ouvi os recados que Ángel enviou antes do acidente e descobre sobre o pedido de DNA e o resultado, mas em desespero, liga para Salva por engano achando ser para algum policial. O professor vai até a casa de Raquel na tentativa de matar a mãe de Raquel, mas não consegue e desiste. Helsinki quase mata Arturito por ter planejado a fuga dos reféns. Raquel chega em casa e encontra Salva com a mãe conversando. Pensativa, lembra que a farmácia onde Berlim comprou os medicamentos poderia ser perto de algum esconderijo antes do assalto. Raquel pede Salva/Professor para levar até o esconderijo que os policiais encontraram. No Banco, assaltantes tentam fazer proposta para separar os reféns que poderiam dar problemas e os que não vão dar problemas. A proposta seria a liberdade ou o dinheiro para ficarem do lado dos assaltantes e ajudarem com o assalto. Os que não toparam a proposta foram separados. Salva leva Raquel até o local e fica tenso. Raquel encontra uma mesa cheia de garrafas e taças para fazer identificação de todos. Em seguida ela encontra toda a estratégia no segundo andar da casa utilizada pelo professor. Será que seria o fim de tudo? Será que agora os policiais tinham todas as provas?
Vamos saber isso tudo dia 06 de Abril na Netflix!

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤
Tags:
0 shares
Estudante de jornalismo na Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE, trabalha com Assessoria e Marketing. Apaixonada por filmes, séries, livros, estar com a família, ir para roça, ouvir músicas e comer muito macarrão.

Deixe uma resposta