sábado, novembro 16, 2019
Início Site

Crítica | Klaus, animação da Netflix, vem para aquecer corações

Klaus é aquela animação de Natal que vem para tocar tanto o coração quanto a consciência.

Jasper (Rodrigo Santoro) é um jovem mimado incapaz de pensar em outras pessoas. Vendo isso, seu pai, dono de um serviço postal, decide mandá-lo para a isolada ilha de Smeerensburg para trabalhar como carteiro, de onde o filho só poderá voltar após conseguir entregar 6.000 cartas.

Existe um porém, a cidade é dividida e é devido a rivalidade entre seus habitantes ninguém nunca manda cartas. É nesse momento que o caminho do jovem se cruza com o de Klaus (Daniel Boaventura), um lenhador misterioso que faz brinquedos e juntos acabam transformando aquela realidade. Trata-se de uma jornada de descoberta e vocação.

A animação do coprodutor de Meu Malvado Favorito, Sergio Pablos, é simples mas cheia de significado e alma. Os traçados não se furtam da característica de animação e nem têm e pretensão de trazer qualquer realismo para a tela, é o tipo de animação que não iria para o cinema, sendo sua distribuição feita pela Netflix muito pertinente.

Embora não seja uma história original, ela revisita o imaginário popular e acrescenta uma mensagem de ação e união tão necessária, o tema Natal é apenas um detalhe. Trata-se de um filme que toca a alma e gera uma série de reflexões, muito pertinente para fim de ano quando estamos revisitando nossos atos e repensando escolhas.

Vale lembrar que até o dia 17 de novembro a animação estará disponível para não assinantes. Fica a dica.

Texto escrito em parceria com o site Pipoca Pensadora. Confira as considerações e reflexões.

  • Direção
  • Roteiro
  • Elenco
  • Fotografia
  • Trilha Sonora
4

Summary

Klaus é uma animação simples com uma história pouco original, entretanto sua alma está na mensagem de união e isso é suficiente para emocionar.

Cameron Monaghan, o Coringa de Gotham, elogia atuação de Joaquin Phoenix

Cameron Monaghan, que interpretou o Coringa na série Gotham, foi bastante elogiado no papel e surpreendeu bastante. E como este personagem está em alta, o ator foi perguntando sobre o que ele achou da atuação de Joaquin Phoenix nos cinemas, em entrevista ao IGN.

Monaghan elogia o filme e traz uma curiosidades interessante: tanto o final de Gotham quanto Coringa foram filmados em épocas parecidas, assim, ele conseguiu presenciar bastante coisa:

“Eles fizeram um trabalho belíssimo em capturar aquela visão do Coringa. Visualmente, achei que o filme foi realmente muito bem feito. A direção de fotografia se tornou uma das minhas favoritas deste ano. Foi uma jornada e tanto. O mais engraçado é que gravaram muito perto da temporada final de Gotham. Tanto no bairro do Brooklyn quanto no Steiner Studio. Sempre que conseguia ver alguns trechos, pensava, ‘É, preciso muito ver isso.’ Fiquei feliz por ter acompanhado todo o processo até se tornar realidade.”

Depois, ele comenta a atuação de Phoenix:

“Joaquin (Phoenix) conseguiu alto tão sútil e diferente do que já foi feito anteriormente. E é algo muito difícil de se fazer, porque acho que quando você fala sobre atuações, principalmente com personagens que já foram feitos por diferentes atores, as pessoas tendem a fazer comparações, ‘Esse aqui é bom. Esse aqui é ruim.’ Na realidade, cada atuação é baseada no material que você tem em mãos. A história que cada diretor ou roteirista quer contar naquela ocasião. O caso de Joaquin funcionou perfeitamente dentro daquilo que foi proposto no filme, assim como Heath Ledger, Jack Nicholson e os outros caras conseguiram em suas épocas”, finaliza.

Coringa está atualmente em cartaz nos cinemas e se tornou o primeiro filme para maiores a ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão de bilheteria mundial.

Pássaro do Oriente, novo suspense da Netflix com Alicia Vikander, é a dica do final de semana!

Pássaro do Oriente estreou na última sexta-feira no catálogo da Netflix e promete ser a grande dica pro seu final de semana.

O filme conta com o protagonismo de Alicia Vikander, a Tomb Raider dos cinemas e vencedora do Oscar, e se passa no Japão, onde um assassinato tem um principal suspeito, Lucy Fly – uma jovem e vulnerável garota inglesa que vive e trabalha em Tóquio como tradutora, com um passado perigosamente ambíguo e comprometedor. O longa é ambientado nos anos 80.

Veja o trailer:

Pássaro do Oriente tem uma média de aprovação de 59% no site agregador de críticas Rotten Tomatoes, com base em 22 avaliações, com uma média ponderada de 5,8/10. No Metacritic, o filme possui uma classificação de 48 em 100, com base em 9 críticos, indicando “críticas mistas ou médias”.

No total, o filme tem 108 minutos de duração.

Ian Somerhalder comenta sobre Legacies, série derivada de The Vampire Diaries

Legacies é uma série derivada de The Vampire Diaries, um dos grandes sucessos recentes em produções voltadas para o público adolescente.

Assim, estando no mesmo universo, muitos se perguntam se o personagem Damon Salvatore poderia aparecer. Já é sabido que ele realmente existe em Legacies, percebido em pequenas dicas que vão aparecendo.

Ian Somerhalder comentou sobre o assunto ao TV Line, no qual afirma que ainda não teve tempo para mergulhar na história devido aos trabalhos em V-Wars, sua próxima série original da Netflix, mas que acha que um ótimo trabalho está sendo feito:

“Não fui capaz de me aprofundar muito na história de Legacies – estamos em pós-produção em V Wars há 11 meses – mas é incrível saber que esses personagens ainda estão lá”, disse Somerhalder. “Eles estão fazendo um ótimo trabalho. É um show divertido e parece legal”.

Para conhecer a nova série de Ian Somerhalder, V-Wars, clique aqui!

Atualmente Legacies está na segunda temporada através do canal CW. No Brasil, a série é exibida pela Warner Channel.

Produtor de The Witcher elogia dedicação de Henry Cavill nas gravações

Em entrevista ao RMF24, o produtor Tomek Baginski comentou sobre a dedicação do ator Henry Cavill nas gravações da primeira temporada de The Witcher, próxima série original da Netflix.

Baginski afirma que Cavill era tão dedicado que nunca deixava o mundo de The Witcher:

“Na Hungria, Henry passou semanas dormindo em um trailer que ficava próximo do set de filmagens. Ele nunca voltava para nosso hotel em Budapeste, e nisso ganhava 1 hora completa de trabalho. Basicamente, Henry nunca deixou o mundo de The Witcher. Não é algo que se vê com frequência. Ele sabia exatamente o que fazer para entregar cenas fantásticas.”

A primeira temporada da série estreia dia 26 de dezembro e já está renovado para uma segunda temporada, que deve estrear em 2021.

A segunda temporada de The Witcher também terá oito episódios. Os produtores executivos para a segunda temporada são Lauren Schmidt Hissrich, Tomek Baginski, Jason Brown, Sean Daniel, Mike Ostrowski Steve Gaub. Informações adicionais sobre diretores elenco serão divulgadas posteriormente.

Baseado em best-sellers de fantasia, The Witcher é um conto épico de destino e família, centrado no famoso caçador de monstros Geralt de Rivia. É ambientado no mundo do Continente, onde humanos, elfos, bruxos, gnomos e monstros lutam para sobreviver e prosperar e onde o bem e o mal não são facilmente identificados.

O elenco principal inclui Henry Cavill (Missão Impossível – Fallout, Liga da Justiça) como Geralt de Rivia, Anya Chalotra (The ABC Murders, Wanderlust) como Yennefer e Freya Allan (The Third Day, Into The Badlands) como Ciri.

3ª Temporada de A Rainha do Sul chega em dezembro na Netflix

Finalmente, depois de muito tempo sem notícias sobre A Rainha do Sul, a Netflix confirmou quando a 3ª temporada chegará na plataforma.

Sobre a série: Teresa foge do México depois que seu namorado traficante é assassinado. Instalando-se em Dallas, ela parece se tornar a principal contrabandista de drogas do país e busca vingar o assassinato de seu amante.

Boa parte do elenco das temporadas anteriores estão de volta, como Alice Braga, Verônica Fálcon, Justina Machado, Peter Gadiot. E Hemky Madera e Gerardo Taracena também estão confirmados para os novos episódios.

A terceira temporada de A Rainha do Sul estreia dia 01 de dezembro na Netflix.

Fonte: Streamings Brasil

Klaus, longa que conta a origem do Papai Noel, chegou na Netflix; conheça

Klaus é a primeira animação totalmente original da Netflix, dirigido e roteirizado por Sergio Pablos, o criador de Meu Malvado Favorito. A animação vem sendo uma das cotadas para disputar o Oscar 2020 na categoria de Melhor Animação.

Um detalhe importante sobre o lançamento de Klaus é que ele está disponível para não-assinantes também. Para assistir o longa basta acessar o site da Netflix e rolar a página até o campo onde o filme está disponível.

A trama se passa em Smeerensburg, remota ilha localizada acima do Círculo Ártico, Jesper (Jason Schwartzman) é um estudante da Academia Postal que enfrenta um sério problema: os habitantes da cidade brigam o tempo todo, sem demonstrar o menor interesse por cartas. Prestes a desistir da profissão, ele encontra apoio na professora Alva (Rashida Jones) e no misterioso carpinteiro Klaus (J.K. Simmons), que vive sozinho em sua casa repleta de brinquedos feitos a mão.

Veja o trailer:

Na versão brasileira, os atores Rodrigo Santoro e Daniel Boaventura dublam os personagens principais, Jasper e Klaus, respectivamente. Já a atriz Fernanda Vasconcellos faz a voz da professora Alva.

Teoria diz quem pode ser os verdadeiros assassinos da 4ª temporada de Riverdale

Cuidado, contêm SPOILERS!

Nas temporadas anteriores de Riverdale tinha uma série de surpresas e mistérios que deixavam os espectadores ansiosos, e no último episódio exibido da quarta temporada, a maior reviravolta foi revelada. Charles e Chic estavam trabalhando juntos, e isso pode ter algo a ver com a morte de Jughead Jones.

No episódio, vimos o retorno surpreendente de Chic (Hart Denton), que foi preso por seus crimes na terceira temporada. Porém, o momento de sua chegada foi surpreendente, pois foi Charles Smith (Wyatt Nash) quem foi visitar o criminoso. Durante a conversa, a dupla discutiu o assassinato do Shady Man – que Betty acabou ajudando Chic a encobrir na segunda temporada.

Com isso, os fãs estão bolando teorias para tentar descobrir esse mistério. Uma que está rolando pelas redes sociais é que Chic e Charles poderiam ter planejado como matar Jughead na tentativa de se inocentarem. Sendo assim, isso libertaria Chic pelo assassinato de Shady Man e permitiria que o casal ficasse juntos novamente.

Até agora, os fãs só viram o corpo de Jughead ser descoberto e comentado, enquanto Betty, Archie Andrews (KJ Apa) e Veronica Lodge (Camilla Mendez) encobriram a morte.

Se Jughead foi realmente morto por seus três amigos, deve ter algum jeito de estar ligado a Chic e Charles, o que deve ser revelado nos próximos episódios.

A 4ª temporada de Riverdale já está sendo transmitida no canal da Warner.

Série de Velozes e Furiosos da Netflix, com produção de Vin Diesel, estreia em dezembro; conheça

Intitulada de Velozes e Furiosos: Spy Racers e produzida por Vin Diesel, a nova série animada da Netflix, em parceria com DreamWorksTV, finalmente ganhou data para estrear no catálogo da plataforma.

Na trama, o adolescente Tony Toretto segue os passos de seu primo Dom quando ele e seus amigos são recrutados por uma agência do governo para se infiltrar em uma liga de corridas que serve de fachada para uma nefasta organização criminosa que tenta dominar o mundo.

Além desta, a Netflix anunciou uma parceria com a Nickelodeon para produzir várias animações originais. Algumas delas já tem data para estrear. Para saber mais, clique aqui!

Veja o teaser trailer:

Velozes e Furiosos: Spy Racers estreia dia 26 de dezembro na Netflix.

Tá vindo! As produções de Venom 2 foram iniciadas

Através do seu Instagram, Tom Hardy, o ator principal de Venom, anunciou o início da produção da sequência do filme.

A imagem publicada traz Venom e o Carnificina, o próximo vilão.

Ele também publicou uma imagem escrito: “Nós somos Venom 2 – Dia 1”. A publicação foi deletada rapidamente, porém, registraram o momento:

Venom 2 chega aos cinemas em outubro de 2020 com direção de Andy Serkis. Woody Harrelson e Michelle Williams estão confirmados no elenco.