Curiosidades

Quem é o pai de Regina Tiedemann em Dark?

Publicidade

Depois das duas temporadas mais brilhantes, chegamos à conclusão da primeira série alemã da Netflix, Dark. Para ler nossa crítica completa, sem spoilers, clique aqui!

Embora o episódio final ‘Paradies’ responda praticamente a todas as perguntas que o público já teve sobre a série, no entanto, ainda há uma dúvida em nossa mente: quem é o pai de Regina Tiedemann?

Tem spoilers daqui pra frente.

No final da temporada da série, apenas algumas pessoas são vistas jantando. Peter Doppler (Stephan Kampwirth) é acompanhado por Benni (Anton Rubtsov), Katharina (Jördis Triebel), Regina Tiedemann (Deborah Kaufmann) e Wöller (Leopold Hornung), que está com uma Hanna (Maja Schöne) grávida.

A velha Claudia Tiedemann (Lisa Kreuzer) havia dito que, uma vez que seus dois mundos sejam destruídos – já que o ponto de origem nunca esteve no mundo deles, estava no mundo “Real” – todos nascidos do “câncer”, uma “úlcera” iriam morrer, mas Regina vai viver. Ela diz repetidamente que, em outro mundo, Regina viverá.

No episódio final da série, Claudia diz a Tronte Nielson (Walter Kreye) a mesma coisa. Depois afirma: “É melhor assim; ela não está atada ao nó”. Percebemos então que é a própria Claudia quem o envia para matar Regina logo após o apocalipse, para que ela possa se aliviar da dor de viver com câncer.

Após essa conversa, é comprovado que Tronte não é o pai de Regina, como o público acreditava há muito tempo. Até Tronte acreditava que ela é filha dele. Isso teria feito dela a meia-irmã de Ulrich (Oliver Masucci). Então, quem é o verdadeiro pai de Regina Tiedemann?

Como vemos da imagem acima, uma das últimas cenas mostradas na terceira temporada de Dark, a Regina jovem aparece em uma foto em família, junto com sua mãe Cláudia e Bernd Doppler – já mais velho.

Caso queira entender em detalhes todo o final de Dark, clique aqui!

Publicidade

Ou seja, Bernd, o chefe da usina, é o pai verdadeiro de Regina – Doppler –. E ela de fato ficou entre os sobreviventes.

Deixe seu comentário

Leia também