Este texto contém spoilers da segunda parte e do primeiro episódio da terceira parte da série.

O Mundo Sombrio de Sabrina Parte 3 já está disponível na Netflix e dessa vez acompanharemos a bruxinha em sua jornada para salvar seu namorado. Com mudanças bruscas na última temporada, a partir de agora temos o Inferno governado por Lilith, descobrimos que Sabrina é filha de Lúcifer, que agora está aprisionado no corpo de Nick e que Blackwood decidiu fugir da Igreja da Noite levando os gêmeos com ele. Se você se perdeu nisso tudo, confira o resumo da segunda parte.

Para quem já conferiu o primeiro episódio da terceira parte, não há como não notar a enxurrada de referências, já muito comuns na série. Pensando nisso separamos algumas mais marcantes. Mas antes, confira o vídeo com comentários sobre o episódio.

Hilda e Daphine Du Maurier

Em determinado momento a tia Hilda menciona a escritora, que é responsável por uma série de histórias de suspense, entre as quais se destacaram: Jamaica Inn (A Pousada da Jamaica), em 1936; Rebecca, em 1939; The King’s General (O General do Rei), em 1946; e The Parasites (Os Parasitas), em 1949.

Aliás, Rebecca é um suspense sobre uma jovem que se casa com um viúvo misterioso e acaba vivendo as sombras da falecida Rebecca, uma mulher misteriosa adorada por todos, cuja a presença é sempre sentida na mansão mas de uma forma sempre muito misteriosa. Alfred Hitchcock adaptou a obra para o cinema, o que lhe rendeu o Oscar de Melhor Filme do ano de 1941, já fica a dica.

Inferno de Dante / Hieronymous Bosh

A referência mais popular no primeiro episódio vem na sabedoria de Mary Wardwell, que menciona O Inferno de Dante, parte da obra A Divina Comédia de Dante Alighieri, um poema de viés épico e teológico da literatura italiana e mundial do século XIV e dividido em três partes: o Inferno, o Purgatório e o Paraíso, e no qual Dante, Virgílio e outros transitam pelos círculos que formam a terra.

Sandro Botticelli

Em seguida ela menciona outro artista, dessa vez um pintor, Hieronymus Bosch, cujos trabalhos retratam cenas de pecado e tentação.

Tentações de Santo Antão (Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa)

My Sherona – The Knack

A música tocada pela banda formada por Harvey, Roz e Theo nesse episódio é My Sharona de 1979 da banda The Knack, que à época de seu lançamento ficou no topo da Billboard Hot 100 durante seis semanas. Em 1994 voltou com tudo por causa do filme Caindo na Real.

Flor da Morte/Dorian Gray

Para entrar no Inferno, Sabrina utiliza um dos quadros de Dorian Gray, personagem referência do romance O Retrato de Dorian Gray, mas antes este pede que ela traga de volta uma flor, a Flor da Morte, que inspirou o poeta Charles Baudelaire a escrever Les Fleurs du mal (As Flores do Mal) de 1857. Na época a obra fora considerada uma afronta contra os bons costumes, o que acabou resultando em uma revisão e uma segunda edição que suprimiu algumas partes mais sensíveis.

Mary Le Fleur ou seria Marie Laveau?

Ambrose e Prudence chegam a Nova Orleans e buscam novos meios de encontrar Blackwood, para isso eles procuram uma praticante Vodu chamada Mary Le Fleur. O nome parece ser uma referência a Marie Laveau, conhecida até hoje como Rainha do Vodu.

Pouco se sabe sobre essa figura histórica dos anos 1800, mas acredita-se que era filha de uma escrava liberta e Charles Laveau, e que após a morte do marido utilizou a herança para abrir um salão de cabeleireiros e assumiu sua posição como praticante Vodu da cidade. Sua fama permanece até hoje e já foi referência na série American Horror Story: Coven, interpretada por Angela Bassett.

Caliban e O Mágico de Oz

Embora na série Caliban tenha sido criado do barro no Inferno, você também pode encontrar o nome na obra A Tempestade de William Shakespeare. Trata-se de uma criatura meio humana e meio monstro que vive em uma ilha e acaba se tornando escrava de Prospero e Miranda.

Na ocasião o bonitão da série indica para Sabrina e seus amigos que sigam o caminho de sangue, em uma referência que lembra uma versão de terror de O Mágico de Oz, onde Dorothy deve seguir o caminho de tijolos amarelos.

O caminho de sangue

Também o caminho de sangue que Sabrina deve seguir lembra o Rio Flegetonte  na visão de O Inferno de Dante. O rio aparece no 7° Círculo do Inferno, no 1º Vale, onde estão os violentos, afogados no rio de sangue fervente.

A Floresta e O Mágico de Oz

Já a floresta parece trazer novamente duas referências. As árvores parecem falar, o que pode remeter a floresta dos suicidas também da obra de Dante Alighieri. Na obra, pessoas que cometem suicídio são mandadas para o sétimo círculo e transformadas em árvores, onde as Hárpias fazem seus ninhos.

Dessa vez Sabrina e seu grupo se depara com um demônio que é uma mistura do Homem de Lata de O Mágico de Oz e o irmão de Harvey, cuja alma fora para o purgatório. Outra referência também seria o ajudante de Lilith, que parece usar uma roupa similar a dos macacos ajudantes da Bruxa Má também de O Mágico de Oz.

Encontrou mais referências? Deixe nos comentários e assine o canal para mais novidades sobre a série.

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤

Deixe uma resposta