Notícias

Netflix é processada por dar sentimentos à Sherlock Holmes em seu novo filme

De acordo com o The Hollywood Reporter, a Netflix e sua adaptação Enola Holmes, estão sendo processadas por ter dado “sentimentos” ao detetive Sherlock Holmes, interpretado por Henry Cavill.

Como sabido há muitos anos, há uma lei afirmando que obras com o detetive são de domínio público, contanto que ele se aquede às características originais, como “frio e calculista”. Essa regra estaria diretamente ligada a uma mudança que o autor original teria dado ao personagem depois que perdeu sua família na 1ª Guerra Mundial. Desde então, Conan Doyle teria decidido que o personagem deveria deixar de ser emotivo.

Por conta disso, em Enola Holmes, a plataforma de streaming está sendo processada por retratar o detetive Sherlock Holmes de uma forma específica, e não autorizada. Ele está sendo retratado como alguém “amável”, “capaz de ter amizades”, “expressar emoções” e “respeitar mulheres”, o que não corresponde à personalidade do detive original, infringindo a regra estabelecida.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também