Mundo Invertido pode causar o acidente nuclear de Chernobyl, diz teoria de Stranger Things

Há algum tempo, estava rolando uma teoria de que o acidente nuclear de Chernobyl seria visto na quarta temporada de Stranger Things. O indicativo era a aparição da União Soviética no terceiro ano e o fato de a história já estar em 1985, o desastre acontece em 1986.

Porém, a teoria ganhou uma nova conclusão, que foi publicada pelo site Screen Rant. A sugestão é de que o Mundo Invertido causará o desastre nucelar de Chernobyl.

Na terceira temporada, a série se passa em uma rivalidade científica entre Estados Unidos e União Soviética que acaba envolvendo o Mundo Invertido.

Na última temporada, os soviéticos conseguiram entrar na outra dimensão e até conseguem capturar um Demogorgon, que aparece na cena pós-créditos do último episódio, junto com a citação do prisioneiro americano, que muitos especulam ser Hopper.

A teoria diz que os soviéticos continuam com os experimentos perigosos para abrir o Mundo Invertido e com isso, poderiam causar a explosão do reator que começa o desastre nuclear de Chernobyl, em 1986, possível ano para a quarta temporada do seriado.

A Netflix ainda não confirmou a quarta temporada de Stranger Things mas já sabemos que terá continuação.

Sobre a série: É 1985 em Hawkins, Indiana, e o verão está esquentando. As aulas acabaram e há um novo shopping na cidade, e a turma de Hawkins está crescendo. O romance floresce e complica a dinâmica do grupo, e eles precisarão descobrir como crescer sem se separarem. Ao mesmo tempo, o perigo aparece. Quando a cidade é ameaçada por velhos e novos inimigos, Eleven e seus amigos são lembrados que o mal nunca acaba; ele evolui. Agora eles precisam se unir para sobreviver, e se lembrar que amizade é sempre mais forte do que o medo”.

Todas as temporadas de Stranger Things estão disponíveis na Netflix.

Fonte: Observatório do Cinema

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤
Tags:
0 shares

Deixe uma resposta

error: Este conteúdo está protegido.