Dicas

Jovem é sequestrada por bandidos e precisa bolar estratégias geniais para se livrar deles em suspense da Netflix

Apesar de ser um gênero que agrada a maior parte do público, vários filmes de suspense acabam sendo esquecidos ou até mesmo nem são percebidos.

Como é o caso de Sequestrando Stella, filme disponível no catálogo da Netflix já há alguns anos, desde 2019, mas passa despercebido por muita gente, mas agora, parece estar ganhando notoriedade.

O longa alemão é um remake de O Desaparecimento de Alice Creed, suspense britânico de 2009, dirigido por J. Blakeson, roteirista de Eu Me Importo, recente filme original Netflix que fez bastante sucesso.

Na trama, a jovem Stella permanece sob cárcere privado de uma dupla de bandidos mas acaba desenvolvendo uma estranha conexão com um deles, o que leva a um desfecho bastante improvável.

Impedida de se alimentar sozinha ou até mesmo de fazer suas necessidades fisiológicas sem ser vigiada, a personagem vivida por Jella Haase (Dane-se Goethe) tenta bolar uma estratégia se aproveitando dessa conexão com o sequestrador interpretado por Max von der Groeben (Dane-se Goethe).

O filme vem agradando bastante pelo fato de que a trama do filme gira em torno de uma reviravolta que vem se tornando cada vez mais próxima da realidade, e que poderia acontecer com qualquer pessoa.

Em sua semana de estreia na Europa, o filme alemão registrou aproximadamente 18 milhões de visualizações, então, realmente vale a pena conferir.

Sequestrando Stella está disponível na Netflix.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também