Minha Mãe é uma Peça 3 é um filme família, cujo único propósito é fazer rir. É claro que em determinados momentos ele até tenta abordar a questão do ninho vazio e envelhecimento, mas nada que se aprofunde muito, diferente dos anteriores que até mesmo abordaram questões sérias de família como perda e luto.

No terceiro filme do comediante Paulo Gustavo acompanhamos Dona Hermínia lidando com envelhecimento, a falta dos filhos e, principalmente, com a falta de espaço na vida deles. Tudo muda quando ambos surgem com novidades que irão modificar a monotonia dessa mãe.

O filme é claramente uma desculpa para rirmos com situações que podemos identificar em vários olhares, seja de quem está passando pela fase de Hermínia, seja de quem vê os pais passando por isso. Tenho certeza que minha mãe irá se identificar com muitos pontos, e acredito que o filme será ainda mais engraçado para ela, já que algumas das piadas recorrentes abordam exatamente “reclamações” diárias dela. Todavia, algumas piadas caem em um campo fácil enquanto outras miram no óbvio, beirando o mau gosto.

O filme está longe de ser impecável, em alguns momentos é perceptível que alguns atores saem do personagem, bem como a questão da não aceitação da orientação sexual é brevemente levantada de forma muito rasa e nunca mais é abordada novamente. É aí que o roteiro peca, já que aparentemente o foco do filme também seria aceitação e isso quase não é abordado, exceto em um ou outro discurso já ouvido antes.

Paulo Gustavo como sempre domina a cena e domina a personagem, entretanto os outros personagens só surgem aleatoriamente para possibilitarem algumas piadas sem qualquer possibilidade de desenvolvimento. Inclusive, o que seria algo de grande relevância na trama como um casamento, quase não aparece e tudo se volta novamente para a personagem de Paulo Gustavo.

No geral, embora seja a continuação da continuação, Minha Mãe é uma Peça consegue entreter durante 110 minutos e arrancar boas risadas do público. Pelo menos na minha sessão as gargalhadas vieram em diversas ocasiões. Para quem quer se divertir sem pensar em mais nada é uma boa pedida para o final de semana. O filme estreia dia 26 de dezembro deste ano.

  • Direção
  • Roteiro
  • Elenco
  • Fotografia
  • Trilha Sonora
2.8

Summary

Minha Mãe é uma Peça entretém e evoca boas gargalhadas, mas peca na hora de passar as mensagens.

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤

Deixe uma resposta