Artigos

Review | Final de Game of Thrones é previsível, anticlimático e corrido

Um episódio para os esquecidos no churrasco. Cuidado, spoilers!

Enfim, acabou Game of Thrones, uma das séries mais aclamadas dos últimos tempos, que marcou história e conquistou o coração de muitos e decepcionou muitos outros.

Em um final previsível, anticlimático e corrido, vimos alguns desfechos de personagens, em especial Jon Snow e Daenerys. Alguém lembrou do jovem Stark-Targaryen e correu para dar algum sentido ao personagem na morte da rainha. O momento mais tocante fica por conta de Drogon, que presenciou a morte dos dois irmãos e sua mãe em um continente que ele nem gostava em uma busca sem sentido. Confirmando minha teoria em parte, este parte para o leste carregando o corpo de Dany após destruir o Trono de Ferro.

O destino de Daenerys segue aquele previsto em sua visão na Casa dos Imortais, onde ao se aproximar do Trono de Ferro não se senta e vai em direção de Drogo e o filho, ambos mortos, ou seja, era uma previsão de sua morte. Resta torcer para que eles tenham se encontrado no pós-vida.

Aliás, a destruição do Trono de Ferro em nada quebrou a tal da roda que Daenerys queria quebrar, já que logo em seguida os Lordes sobreviventes, e esquecidos no churrasco, resolveram dar as caras e se uniram para reestruturar o sistema, exceto o Norte, que continua independente e é regido por Sansa sensata. A novidade é que o Corvo de Três Olhos será o regente dos seis reinos, e o cargo será ocupado por pessoas diferentes conforme o tempo for passando. A explicação é que por ser a memória dos homens, o Corvo tem melhor condições de governar.

Por algum motivo inexplicável, Verme Cinzento e os Imaculados decidiram manter vivos Tyrion e Jon Snow para irem a julgamento. Ao final, o último Lannister continua como Mão do Rei e Jon Snow é mandado para a muralha, junto com os selvagens e Fantasma, encerrando seu ciclo e remetendo sua proximidade com aquele povo e Ygritte. Realmente, a Guerra dos Tronos nunca acaba.

Arya Stark decide ir para o oeste, desbravar terras desconhecidas. O final mais sensato para essa jovem descobridora que agora não tem mais ninguém para se vingar e também não tem lugar específico no mundo. Enfim, para maiores detalhes e minha reação pós episódio, confira o vídeo.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Apenas uma garota que ama filmes, séries e livros. Veja mais conteúdos sobre filmes e séries no Canal Daniele Freitas e no Blog: Pipoca Pensadora.
Deixe seu comentário

Leia também