Notícias

Propaganda negativa aumenta audiência do filme do Porta dos Fundos da Netflix

Há alguns dias a Netflix lançou o Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira tentação de Cristo, um curta de apenas 45 minutos onde acompanhamos Jesus, que completa 30 anos e leva um convidado especial para conhecer sua família, mas a festa reserva outras surpresas.

Acabou que o filme está causando revolta nos grupos religiosos, principalmente evangélicos. A sátira já traz na sinopse que é “um especial de Natal tão errado que só podia ser do Porta dos Fundos”. Mas o aviso não foi suficiente para apaziguar conservadores, que deram partida às críticas quase imediatamente após a estreia do filme.

O alarde está tão grande que até criaram petições online para que a plataforma retire o filme do ar, caso contrário, irão cancelar a assinatura, porém, o filme ainda está disponível na plataforma.

Com tanto alarde nas redes sociais, acaba que essa “propaganda negativa” está dando bastante audiência para o filme. Segundo o Estadão, essa tentativa de boicote do grupo religioso, está na verdade, servindo para alavancar e divulgar ainda mais o nome do filme, se tornando muito mais eficaz que muitas campanhas publicitárias.

Assim como os assinantes não cancelaram a Netflix, a audiência do novo filme do Porta dos Fundos teve um aumento considerável. “Muita gente que teria passado despercebida pelo vídeo foi conferir o motivo de tanta polêmica”, disse o jornal.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também