the-walking-dead-Netflix

Porque a Netflix demora a atualizar suas séries?

A Netflix navegou em oceano azul por muito tempo. Durante esses anos sem concorrência, ela fazia com que as TV’s não a vissem como concorrente. Aqui no Brasil temos um exemplo claro, onde até a TV Globo finalmente acordou e criou a Globo Play justamente para concorrer com a Netflix que, depois desse oceano azul, está vivenciando um oceano cada vez mais vermelho, cheio de concorrentes. E esse é um fatores da Netflix não ter mais total domínio sobre a chegada de novas séries ao catálogo.

Sabendo disso, ela anda investindo cada vez mais nos seus originais. Stranger Things, House of Cards e Everything Sucks são alguns dos exemplos de produções originais que prometem ter um investimento de mais de 8 bilhões só em 2018. O objetivo da Netflix é ser independente. Mas então, por que a demora de atualizar as séries originais?

Netflix original

Na verdade, a Netflix demora a mesma quantidade de tempo que a grande maioria dos meios, só que com uma diferença: todos os episódios saem de uma vez e, após a gente maratonar todo o conteúdo rapidamente, nos dá a sensação de que demoraremos anos para ver a próxima temporada, mas não, geralmente a Netflix (quando a série é renovada) demora 1 ano para atualizar suas séries. GOT com a HBO é um exemplo claro. Os episódios são exibidos em mais ou menos três meses, ou seja, o espaço de tempo entre o final da temporada anterior e o começo da posterior fica com menos de um ano, mas o espaço de tempo real de começo para começo é de 1 ano. Entende? Lógico, há séries que demoram 1 ano e alguns meses, mas no geral é bem por aí.

As exibidas semanalmente são acordos com as TV’s americanas, então logo após o lançamento na TV, o episódio chega na Netflix. A atualização da série neste caso depende exclusivamente do canal original. Ele precisa renovar a série, fechar um acordo com a Netflix, transmitir e daí iremos conseguir assistir. Alguns exemplos foram Orphan Black, Suits e Better Call Saul.

MAS E AS OUTRAS SÉRIES?

A grande controversa é: e séries como The Walking Dead, Flash, Grey’s Anatomy, que já estão a várias temporadas na frente da que a Netflix dispõe, por que não estão sendo atualizadas? Simples, elas são licenciadas pela Netlfix.

Em alguns casos, principalmente com as séries famosas, já há canal de exibição no Brasil, portanto, a Netflix fica como segundo plano e isso à obriga esperar ser transmitida completamente pelo canal para depois chegar no seu catálogo. Já em casos mais extremos, algumas temporadas só podem estrear na Netflix quando a atual estiver sendo transmitida, ou seja, sempre ficaremos uma temporada (ou mais) atrás da atual.

Para concluir, voltemos ao fator concorrência. Agora, canais como HBO simplesmente não querem seu conteúdo no catálogo da Netflix. Não importa o preço nem a proposta, a Netflix virou concorrente forte e “arma-la” com conteúdo pode influenciar diretamente na audiência do canal original. É literalmente ajudar o inimigo.

Estamos vivenciando uma nova era no streaming. A próxima a deixar a Netflix será a Disney, que fará sua própria plataforma. O que nos resta é confiar que os originais serão tão interessantes quanto as produções vindas de fora.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤
Tags:
0 shares
Publicitário, designer, amante de séries e filmes, voluntário do TEDxJoãoPessoa e criador do site Tem Alguém Assistindo?, especializado em séries e filmes.
  1. Pingback: Entenda se as séries da Fox voltarão para a Netflix ou não! - Tudo sobre Netflix ❤

  2. Pingback: Scott Wilson, o Hershel de The Walking Dead, morre aos 76 anos de idade. - Tudo sobre Netflix ❤

  3. 23 de janeiro de 2019

    Isto não é verdade a Netflix tem séries que tem 3 anos de atraso e continuam sem publicar as mesmas, excepto as ridículas produções da própria Netflix, nenuma está actualizada, e algumas tem umas 5 temporadas em atraso … basta ver o caso de Big Bang ou Family Guy.
    Basicamente é deitar dinheiro fora, para além da péssima qualidade.

    1. 24 de janeiro de 2019

      É verdade sim!

Deixe uma resposta

error: Este conteúdo está protegido.