Artigos

Para relembrar: resumos dos dois primeiros episódios da segunda temporada de Dark

Publicidade

A última temporada de Dark chega na Netflix no dia 27 de junho de 2020. Pensando nisso, traremos uma série de resumos diários dos principais acontecimentos de cada episódio da segunda temporada, confira os dois primeiros.

Episódio 1: Beginnings and Endings/Anfänge und Enden
Direção: Baran bo Odar

A segunda temporada se inicia em Winden de 1921, onde dois homens estão cavando uma passagem subterrânea, que mais para frente se tornará o portal. Um desses homens é Noah. Ele acaba matando o outro homem pela falta de fé deste no grupo de viajantes do qual Noah faz parte chamado Sic Mundus, liderado por um idoso desfigurado chamado Adam.

Adam e Noah estão trabalhando para encontrar todas as partes do diário de Claudia Tiedemann. Isso é muito importante para que eles possam entender a causa do apocalipse que acontece em Winden em 27 de junho de 2020.

O episódio vai para 21 de junho de 2020, dias antes do apocalipse, onde um investigador chamado Clausen vai para Winden ajudar a polícia a investigar os desaparecimentos que aconteceram 6 meses antes. Nesse mesmo ano, o Jonas adulto revela sua identidade para a mãe, Hannah, e também revela a verdadeira identidade de Michael, que é Mikkel Nielsen. É também nessa época que Aleksander Tiedemann decide enterrar os barris com resíduos nucleares sob concreto, para que ninguém os encontre.

Em 2053, o Jonas jovem está no mundo pós-apocalíptico de Winden e tentando encontrar uma maneira de voltar no tempo para impedir o apocalipse. Nesse tempo a Elisabeth Doppler mais velha é a líder dos sobreviventes e, de acordo com a nova liderança instalada, a punição para quem tenta entrar nas usinas nucleares é a morte. Jonas insiste e consegue entrar nas usinas, encontrando uma massa escura rodopiando e se contorcendo.

Episódio 2: Dark Matter/Dunkle Materie

Direção: Baran bo Odar

Em 1987 a Claudia mais velha visita sua versão mais jovem para contar sobre a viagem no tempo, e indicar onde ela pode encontrar uma máquina do tempo.

Enquanto isso, Egon Tiedemann, já aposentado e com estágio avançado de câncer, vai conversar com o Helge Doppler, que se encontra em uma instituição, mas não consegue encontrar respostas satisfatórias com o mesmo.

Ele decide então ir para uma instituição psiquiátrica para encontrar Ulrich Nielsen, O Inspetor, que está lá há 34 anos pelo assassinato de Erik e Yasin. Egon sente que tem alguma coisa errada e que talvez tenha havido um erro em 1953.

No ano de 2020, Clausen e Charlotte vão conversar com a Regina Tiedemann. Clausen estranha o fato de que seu marido, Aleksander, tenha assumido o sobrenome da esposa (na Alemanha é comum a mulher pegar o sobrenome do marido). Ela fala sobre o Jonas adulto, que se hospedou em seu hotel na época dos desaparecimentos, e diz que entregou todos os pertences dele para a polícia.

Charlotte encontra várias páginas do livro de seu avô H.G. Tannhaus, o relojoeiro, no meio das coisas do Jonas adulto e acha tudo muito suspeito, e acaba ficando transtornada. Enquanto isso, o Jonas adulto e a Hannah vão para 1987, onde encontram Mikkel.

Em 2053, Jonas jovem é capturado por Elisabeth. Ele é mandado para a forca e a corda chega a puxar, mas Elizabeth muda de ideia e manda prendê-lo (ele fica com uma cicatriz como a do Jonas adulto). Outra sobrevivente fica curiosa para saber sobre a usina e decide libertar Jonas. Juntos eles vão para a usina observar a massa escura conhecida como Partícula de Deus. O episódio termina com Jonas entrando na partícula.

Apenas uma garota que ama filmes, séries e livros. Veja mais conteúdos sobre filmes e séries no Canal Daniele Freitas e no Blog: Pipoca Pensadora.

Deixe seu comentário

Leia também