Notícias

Netflix pode lançar versão de 4 horas de Era uma Vez em… Hollywood

Nicholas Hammond, o primeiro Peter Parker, da série The Amazing Spider-Man de 1977, interpreta o diretor de Lancer, Sam Wanamaker, em Era uma Vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino, e revelou uma boa notícia sobre o filme.

Durante uma entrevista com a DiscussingFilm, Hammond diz que há “conversa” de lançar um corte de 4 horas do filme para o Netflix.

“Há rumores de que haverá uma versão de 4 horas da Netflix. Porque tem muita coisa que não conseguiu entrar no filme porque simplesmente não havia espaço. São duas horas e quarenta minutos e você tem que cortar em algum lugar.”

Tarantino já está fazendo algo parecido para Os Oito Odiados na Netflix e esperançosamente trará Kill Bill: The Whole Bloody Affair para a plataforma também.

Sobre o filme: Los Angeles, 1969. Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) é um ator de TV que, juntamente com seu dublê, está decidido a fazer o nome em Hollywood. Para tanto, ele conhece muitas pessoas influentes na indústria cinematográfica, o que os acaba levando aos assassinatos realizados por Charles Manson na época, entre eles o da atriz Sharon Tate (Margot Robbie), que na época estava grávida do diretor Roman Polanski (Rafal Zawierucha).

Era Uma Vez em… Hollywood estreia em 15 de agosto nos cinemas.

 

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também