Com a crescente do mercado das plataformas de streaming, a Netflix se vê “obrigada” a criar novas estratégias para se manter entre os mais assinados, concorrendo como as gigantes Amazon e Disney+.

Por isso, uma das estratégias da Netflix é abaixar os preços das assinaturas para conquistar vários países. A revista Exame explicou como a redução dos preços das assinaturas pode acontecer:

“As novas assinaturas custam cerca de 67% mais barato que os planos convencionais. A estratégia da empresa tem duas intenções: deixar o produto mais acessível e aumentar o número de assinaturas.

Atualmente, a Netflix está testando os planos mais baratos na Índia e Malásia. O plano convencional custa 8,99 dólares, e o novo estilo de cobrança sai por 2,99 dólares por mês.

Além disso, os novos usuários que optam por esse tipo de conta podem adquirir um pacote de 12 meses e ganhar desconto de 50%. Como são mais baratas, essas assinaturas são voltadas para quem opta por assistir filmes e séries em celulares ou tablets.”

De acordo com o diretor de inovação de produtos da Netflix, Ajay Arora, as assinaturas mais baratas vão beneficiar tanto a empresa quantos os consumidores.

Outra diferença entre os planos mais baratos e os convencionais é que não haverá mais a impossibilidade de se compartilhar senhas. O que foi um grande problema para a plataforma no ano passado, onde houve uma perda de aproximadamente 1 bilhão de dólares com o compartilhamento de contas entre amigos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta