Notícias

Lucro da Netflix cai quase 30% no primeiro trimestre de 2019

Foi divulgado que a plataforma de streaming Netflix encerrou o segundo trimestre de 2019 com lucro líquido de US$ 271 milhões (US$ 0,60 por ação), resultando em uma queda de 29,4% em comparação com os US$ 384 milhões (US$ 0,85 por ação) registrados no mesmo período do ano passado (2018).

Foi observado que o número de assinantes adquiridos de abril a junho de 2019, foi de 2,7 milhões, inferior aos 5 milhões projetados pela empresa. Em justificativa disso, a Netflix afirmou que o motivo foi o aumento de preços dos planos

“Nós não acreditamos que a competição foi um fator, já que não houve mudança material no cenário competitivo durante o segundo trimestre, e a nossa penetração é variada em todas as regiões”.

Para o terceiro trimestre de 2019, a Netflix está projetando uma receita líquida de US$ 5,25 bilhões e lucro líquido de US$ 470 milhões (US$ 1,04 por ação).

A plataforma finalizou o trimestre com 151,6 milhões de assinantes, demonstrando um crescimento de 21,9% em comparação com o mesmo período do ano passado, com a entrada de 2,7 milhões de usuários.

Já no mercado internacional, houve um ganho de 2,8 milhões de assinantes, alta de 3,2%. Para o terceiro trimestre de 2019, a Netflix comunicou, no informe de resultados, que espera um crescimento de 7 milhões de assinantes pagos, mais do que os 6,1 milhões do terceiro trimestre de 2018.

No pós-mercado da Nasdaq, em Nova York, A Netflix praticamente criou a categoria de assinatura para serviço de streaming de vídeos, mas agora enfrenta a entrada no mercado de competidores da mídia tradicional. Além dos atuais concorrentes, AT&T, WarnerMedia, Walt Disney, CBS e Comcast se preparam para lançar seus serviços. A Apple também planeja o lançamento de sua própria plataforma, a Apple TV+.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também