Dicas

Homem descobre imensa conspiração que vai destruir o planeta em filme da Netflix

Para quem gosta de filmes sobre desastres naturais, se preparem: Tempestade – Planeta em Fúria está chegando dia 15 de novembro na Netflix. Lembrando que ele foi lançado em 2017 nos cinemas!

Enredo do filme

A ocorrência cada vez mais frequente de eventos climáticos capazes de ameaçar a existência da humanidade faz com que seja criada uma extensa rede de satélites, ao redor de todo o planeta, de forma a controlar o próprio clima.

Apelidado de Dutch Boy, este sistema construído a partir da cooperação de 17 países é coordenado pelo engenheiro Jake Lawson. Após anos de dedicação, ele é afastado da função devido a questões políticas e, em seu lugar, é nomeado seu irmão caçula, Max.

Três anos depois, quando a coordenação do “Dutch Boy” está prestes a ser transferida dos Estados Unidos para a ONU, falhas pontuais provocam uma forte nevasca em pleno deserto no Afeganistão e altíssimas temperaturas em Hong Kong, que matam centenas de pessoas.

Jake é então convocado para descobrir o que está acontecendo e, enviado para a estação internacional, desvenda uma imensa conspiração ao mesmo tempo em que precisa deixar para trás os atritos existentes com Max.

Vale a pena assistir?

Apesar do que vale ou não a pena assistir ser uma questão bem pessoal, Tempestade – Planeta em Fúria não conquistou os críticos, ficando com apenas 15% de aprovação no Rotten Tomatoes e uma classificação média de 3,5/10.

O consenso crítico do site diz: “Sem visuais impressionantes, personagens bem escritos ou envolvendo drama, Geostorm busca um espetáculo épico de filme de desastre, mas acaba sendo simplesmente um desastre de filme”

Já no IMDb sua média é um pouco melhor, ficando com 5,3/10. Um usuário que deu nota 7 ao longa, comentou que ele “Não traz nada de novo para a mesa, mas, na melhor das hipóteses, divertido.”

Caso você queira ver um filme para descansar a mente apenas, pode valer a pena assistir Tempestade – Planeta em Fúria.

Veja o trailer:

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também