Curiosidades

Henry Cavill explica por que Geralt tem um “sotaque estranho” em The Witcher

Assistindo à The Witcher, muito relatam que acham o sotaque de Geralt of Rivia, interpretado por Henry Cavill, estranho.

Este jeito de falar é bem diferente dos jogos de The Witcher, porém, nos livros, no qual a série realmente se baseia, Geralt é descrito minuciosamente, dando detalhes à suas cicatrizes, cabelos brancos, personalidade e, claro, o jeito de falar. A intenção dos livros é fazer Geralt único naquele universo.

Nos jogos, os produtores estabeleceram essa singularidade o fazendo falar com sotaque americano, enquanto quase todo mundo tem sotaque britânico.

Já na série da Netflix, o sotaque de Geralt soa como uma mistura de sotaques, como se existisse em algum lugar entre o sotaque britânico, americano e australiano.

Em entrevista ao The Wrap, Cavill discutiu como desenvolveu o sotaque ligeiramente estranho de Geralt.

“No que diz respeito à mitologia, há muitas mudanças nos livros”, disse o ator britânico. “E há muito que pode ser feito. E para mim, como ator da série, era meu trabalho trazer minha performance e todos os outros podiam trazer suas performances, separadamente. Sim, há nos livros, certamente, um sotaque riviano.”

O sotaque riviano a que Cavill se refere é o da pátria que Geralt da nome, Rivia. Geralt não é de lá, mas adotou o sotaque do país quando começou a ser “Geralt de Rivia”.

Cavill disse que a variedade de sotaques do mundo em que The Witcher se passa pode ser comparada à variedade de sotaques ingleses na Grã-Bretanha.

“Você olha para a Inglaterra, por exemplo, há uma grande variedade de sotaques regionais em um espaço muito, muito pequeno. E, na verdade, o continente seria algo muito semelhante”, disse Cavill.

O “continente” que ele menciona é como as pessoas se referem à área do mundo em que a história se passa. Tudo é apenas o continente porque ninguém sabe realmente o que está além das bordas do mapa.

“Então, para mim, não se tratava necessariamente de dar a Geralt um sotaque específico que fosse diferente de todos os outros, porque isso seria impossível porque há muitos sotaques ingleses e, eventualmente, você vai encontrar alguém com um sotaque semelhante porque eles estão tentando algo diferente ”, continua Cavill.

“Tratava-se de trazer uma voz para Geralt que expressasse a essência de quem ele é nos livros e trazê-la para o espaço no formato que era permitido dentro do programa.”

No final das contas, Henry Cavill quis adotar um sotaque que, para ele, deveria ser o de Geralt descrito nos livros.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também