Curiosidades

Hebe: saiba quais são as mentiras e as verdades por trás da série da Globo

A rainha da TV brasileira, Hebe Camargo, estará onde nunca imaginávamos a partir de agora: na TV Globo, na série Hebe, que acompanha desde o início de sua vida até o final dos seus dias.

Hebe foi desenvolvida pelos Estúdios Globo, a produção é escrita por Carolina Kotscho, com a direção artística de Maurício Farias e direção de Maria Clara Abreu. Originalmente, a série seria apenas do Globoplay, onde estreou em 2019. Agora, todos com acesso à TV aberta poderão conhecer mais da apresentadora, que faleceu em 2012.

Continua após a publicidade

As atrizes Valentina Herszage e Andréa Beltrão se revezam no papel da protagonista. Além de retratar o sucesso na TV, a trama pontua, de forma não linear, momentos importantes da vida da artista, além de destacar sua personalidade marcante, uma mulher a frente do seu tempo, forte e corajosa, que lutava pelo direito de se posicionar sobre tudo aquilo que acreditava ser importante discutir.

Hebe traz nomes como Gabriel Braga Nunes, Caio Horowicz, Marco Ricca, Danton Mello, Daniel de Oliveira, Valentina Herszage, Claudia Missura, Karine Telles e Emílio de Mello, dentre outros.

Mas afinal, nesta obra de ficção, o que é mentira e o que é verdade?

A Revista Quem fez um apurado total do que seria mentira e o que seria verdade da série da TV Globo. Hebe está sendo considerada mais ficção do que uma obra baseada em fatos. O filho de Hebe CamargoMarcello Camargo, afirmou em entrevista a Amaury Jr. que não reconheceu sua mãe no projeto, e que ficou decepcionado com o que assistiu. Segundo ele, a série abriu mão de seguir ao pé da letra a vida real. Importante: leia-se “mentira” o que é apenas ficcional.

  • As verdades e as mentiras:

Verdade: Lélio Ravagnani (Marco Ricca), segundo marido de Hebe, tinha rompantes de ciúme. Muitas vezes a apresentadora chegou a ser alvo de violência do companheiro. Eles foram casados por 29 anos. Antes de Lélio, ela foi casada com Décio Capuano, pai de seu filho, na década de 1970.

Ficção: A relação profissional de Hebe e Silvio Santos (Daniel Boaventura) é retratada às mil maravilhas na obra. Embora um não escondesse a admiração que nutria pelo outro, houve fases em que a relação entre eles ficou instável.

Verdade: Hebe Camargo era a favor da descriminalização do aborto e, sempre que possível, defendia seu ponto de vista com convicção.

Ficção: A apresentadora não tomava porres de whisky, como a trama retrata. Ela não escondia seu gosto por drinks, especialmente à base de vodca.

Verdade: Boa parte das joias usadas em cena também são do acervo de Hebe. No entanto, algumas delas foram adquiridas em períodos posteriores aos retratados.

Ficção: Na trama, Hebe aparece dando um selinho em Roberto Carlos (Felipe Rocha) em seu programa de TV ainda na década de 1980. Na vida real, o primeiro selinho televisionado da apresentadora foi com a cantora Rita Lee (Camila Morgado), em 1997.

Verdade: Quando se despediu da TV Bandeirantes, Hebe realmente jogou o microfone no chão. Foi uma forma de protestar por não ter qualidade técnica que merecia.

Ficção: Dercy Gonçalves (Stella Miranda) chegou a ficar, intencionalmente, com os peitos para fora na TV. No entanto, Roberta Close (Renata Bastos) não era a convidada ao lado dela como a trama retrata

Verdade: Hebe era eleitora de Paulo Maluf e declarava seu voto ao político em programas de TV. A apresentadora e o político foram amigos pessoais.

Os 10 episódios de Hebe estão disponíveis no Globoplay e serão transmitidos na TV toda quinta-feira, após a novela Fina Estampa.

▶ Pessoal, agora temos um canal no YouTube e ele está maravilhoso! Duvida? Então clica aqui e se inscreve, vai ajudar muito!

Deixe seu comentário

Leia também