Dicas

Durante a Tormenta, um dos melhores filmes presentes na Netflix

Uma das melhores dicas para quem está procurando um ótimo filme na Netflix é o espanhol Durante a Tormenta, filme de 2018 e que consquistou o coração dos assinantes na plataforma. Ele é perfeito para quem curte histórias de explodir a cabeça com um final surpreendente.

Uma de suas maiores chamadas é que o ator Álvaro Morte, conhecido por ser o Professor de La Casa de Papel, está entre os papéis principais. Já a protagonista, Adriana Ugarte, está em outra série: Hache.

Entendo

No filme, uma interferência entre dois tempos faz com que Vera (Adriana Ugarte), uma mulher feliz e casada com uma filha, salve a vida de um menino que viveu em sua casa 25 anos antes. Mas as consequências desse ato de boa-fé provocam uma reação em cadeia que a faz acordar em uma nova realidade onde sua filha nunca nasceu e seu marido nem a conhece.

Em uma corrida contra o relógio, Vera terá que encontrar a peça chave que mudou tudo quando salvou a vida do garoto, enquanto pouco a pouco ela descobre que sua vida anterior não passava de uma miragem.

Elenco e produção

Este thriller dramático de ficção científica é dirigido por Oriol Paulo (Um Contratempo, El cuerpo), que co-escreve o roteiro com Lara Sendim (El Cuerpo). O filme é estrelado por Adriana Ugarte (Palmeras en la nieve), Chino Darín (La noche de 12 años), Javier Gutiérrez (Campeones), Nora Navas (Ola de crímenes), Álvaro Morte (La casa de papel), Miquel Fernández (Fariña), Aina Clotet (Velvet Colección) e Francesc Orella (El guardián invisible), além da colaboração especial de Ana Wagener (El reino) e Belén Rueda (El cuaderno de Sara).

Aceitação

No Rotten Tomatoes, site famoso por agregar críticas e notas de filmes, Durante a Tormenta está com 75% de aprovação, uma ótima média. O crítico Pablo A. Scholz, escrevendo para o jornal Clarín, afirmou que “Talvez a duração seja excessiva (pouco mais de duas horas), mas o espectador continuará entretido.”

Já o crítico Luis Martínez, do jornal espanhol El Mundo, deu ao filme nota máxima, concluindo que “além do requintado labirinto de olhares perdidos, sempre podemos estar atentos ao trabalho de Adriana Ugarte, que está sempre no limite”.

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também