Artigos

Doze Jurados, nova série da Netflix, é baseada em fatos reais?

Doze Jurados (The Twelve) é a mais nova série criminal a chegar na Netflix, e rapidamente ela se tornou uma das mais assistidas da plataforma.

O enredo da série belga gira em torno de um julgamento duplo, mas a platéia conta a história através do ponto de vista de uma dúzia de jurados que ouvem o caso.

Continua após a publicidade

A mulher em julgamento é uma ex-diretora de escola chamada Fri Palmers, acusada pelos assassinatos de sua amiga e sua própria filha. Porém, os vários preconceitos e vidas pessoais dos jurados distorcem as a história para quem está assistindo.

O estilo da série imita um documentário e os detalhes arrepiantes do caso convenceram alguns de que deve ser baseado em um crime real.

Doze Jurados é baseado em fatos reais?

Apesar do estilo de filmagem da série e do realismo das histórias dos jurados, Doze Jurados não se baseia em um caso real. Mas os criadores foram inspirados por alguns dos ex-jurados reais com quem conversaram para fins de pesquisa.

Os co-criadores Bert Van Dael e Sanne Nuyens discutiram como eles criaram o enredo da série de suspense psicológico em uma entrevista à Variety em 2019. Eles afirmaram que queriam explorar como os preconceitos inerentes das pessoas obscurecem as decisões, mesmo que não percebam.

“Dedicamos muito tempo à pesquisa de nosso programa. Queríamos realmente saber como era a sensação dentro de uma sala do júri. Quanto preconceito levamos conosco? Toda pessoa tem um histórico. Quanto de histórico pessoal define nossos julgamentos? Essas foram as questões fundamentais para nós durante o desenvolvimento da série”.

Essa pesquisa incluiu falar diretamente com pessoas que já haviam atuado em júris antes.

“Conversamos discretamente com alguns ex-jurados. Realmente sabíamos que tínhamos uma série quando um dos ex-jurados nos contou sobre seu marido aterrorizante enquanto trabalhava no júri. Ela disse que reconheceu traços do marido ciumento no réu, e nos disse que temia acabar como a vítima quando ficava sozinha com o marido”, contaram os dois.

“Após o júri, ela finalmente teve a coragem de deixar o marido”, acrescentaram. “Foi o dever do júri que mudou sua vida. Mas também foi sua própria vida pessoal que condenou o réu”. Sanne e Bert confirmaram que também conversaram com muitos advogados, juízes, políticos e promotores ao fazer Doze Jurados.

É necessário existe um júri?

Bert e Sanne também falaram sobre como os Doze Jurados eram uma resposta à discussão real na Bélgica sobre o custo e a necessidade de um sistema formal de júri.

Quando alguns líderes belgas quiseram reduzir o tamanho do júri de 12 para 4, houve protestos de que isso levaria a julgamentos injustos.

“Houve um grande debate público sobre o dever do júri na Bélgica que achamos extremamente interessante. O governo anterior tentou erradicar o sistema de júri no qual 12 cidadãos decidem sobre a culpa e a penalidade do réu, porque basicamente era muito caro. Eles queriam um sistema reduzido onde três juízes e quatro cidadãos chegariam a uma decisão “, disseram à Variety. “Mas acabou sendo inconstitucional”.

“Nós achamos instigante focar nas pessoas comuns que são atraídas por sorteio para o júri. A maioria dos dramas que conhecemos concentra-se nos advogados ou no réu, mas queríamos realmente ter o ponto de vista das pessoas normais”, eles concluíram.

Embora Fri Palmers não seja baseado em uma pessoa real, os Doze Jurados devem claramente despertar uma discussão entre os telespectadores sobre o sistema de justiça.

Doze Jurados está disponíveis com sua primeira temporada na Netflix.

▶ Pessoal, agora temos um canal no YouTube e ele está maravilhoso! Duvida? Então clica aqui e se inscreve, vai ajudar muito!

Deixe seu comentário

Leia também