Início Dicas 6 séries de língua não-inglesa da Netflix que se tornaram um sucesso

6 séries de língua não-inglesa da Netflix que se tornaram um sucesso

Cada vez mais, a Netflix vem criando seu próprio conteúdo e também adquirindo os direitos de distribuição de produções pequenas com língua não-inglesa mas com potencial de virarem sucessos mundiais, que é o que está acontecendo com as séries que entraram recentemente no catálogo.

Estas séries não tiveram uma grande propaganda mas se tornaram um enorme sucesso, veja a lista:

1 – Vis a Vis

Vis a Vis é uma série espanhola e foi lançada em 2015 pela mesma emissora de La Casa de Papel, e, por também se passar em uma prisão feminina, acabou gerando comparações com Orange Is The New Black.

Ao total, a série já possui quatro temporadas, recentemente compradas pela Netflix, mas estão sendo liberadas aos poucos na plataforma. A primeira temporada estreou dia 31 de maio e a segunda, dia 28 de junho. Se tornando um sucesso imediato.

Na série, Macarena Ferreiro (Maggie Civantos) é uma jovem ingênua que se apaixona pelo patrão, se une a ele para dar um grande golpe e acaba indo parar na prisão. Acusada de cometer quatro crimes fiscais, ela precisa enfrentar o choque emocional que é estar na cadeia, enquanto sua família procura um jeito de pagar a fiança e libertá-la da Penitenciária de Cruz del Sur.

Ainda não há data exata para a chegada da terceira temporada, mas a previsão é que aconteça em outubro ou novembro deste ano.

 

2 – La Casa de Papel

La casa de Papel foi a primeira série espanhola a entrar no catálogo da Netflix e se tornar um fenômeno. Originalmente, a série se passava na emissora espanhola Antena 3 como uma série limitada, mas a popularidade no país de origem foi tão grande que conseguiu chamar a atenção da Netflix, que rapidamente, conseguiu os direitos de distribuição e passou a disponibilizá-la em duas partes reeditadas na plataforma. Hoje em dia, La Casa de Papel é a série de língua não-inglesa mais assistida do serviço.

Oito habilidosos ladrões se trancam na Casa da Moeda da Espanha com o ambicioso plano de realizar o maior roubo da história e levar com eles mais de 2 bilhões de euros. Para isso, a gangue precisa lidar com as dezenas de pessoas que manteve como refém, além dos agentes da força de elite da polícia, que farão de tudo para que a investida dos criminosos fracasse.

A parceria teve tanto sucesso que a Netflix já assinou um acordo de produção com o criador Alex Pina, que já inclui mais duas temporadas inéditas.

A 3ª temporada estreia dia 19 de julho e irá apresentar um novo plano de assalto do Professor (Álvaro Morte), que dessa vez vai invadir o Banco da Espanha.

3 – Dark

Dark é uma série Alemã que conseguiu apresentar elementos próprios e criar uma identidade narrativa com suas múltiplas linhas temporais. Por isso, não levou muito tempo até que tivesse repercussão mundo afora, se tornando uma das séries mais comentadas nas redes sociais.

A trama acompanha quatro diferentes famílias que vivem em uma pequena cidade alemã. Suas vidas pacatas são completamente transformadas quando duas crianças desaparecem misteriosamente e segredos obscuros começam a ser desvendados. A segunda temporada estreou no último dia 21 de junho, com oito episódios. A terceira e última temporada da série já está confirmada para 2020.

4 – O Bosque

O Bosque é uma produção francesa de suspense, que estreou na Netflix em junho de 2018, teve um início bastante discreto, mas não levou muito tempo para ser descoberta pelo grande público. No final do ano passado, a série ficou em primeiro lugar na lista de séries originais maratonadas em menos tempo pelos brasileiros.

Na trama, uma adolescente de dezesseis anos desaparece na floresta perto de sua aldeia, na França. A história avança à medida que uma investigação, liderada pelo capitão da polícia Gaspard Deker (Samuel Labarthe), é aberta, contando com a ajuda de uma professora que já teve uma experiência traumática no mesmo bosque.

Mais uma vez, a Netflix aposta em um suspense impulsionado pelo desaparecimento de um jovem, como em Dark e Stranger Things, e o público parece continuar gostando da temática.

A primeira e única temporada de O Bosque possui seis episódios, e o canal France 3, responsável pela produção, ainda não confirmou se terá uma segunda temporada. Inicialmente, O Bosque foi concebida como minissérie, mas há a possibilidade de que uma nova trama seja anunciada, eventualmente para continuação da série.

 

5 – 3%

3% é a primeira série brasileira da Neflix. Apesar de ter sido um sucesso fora do país, o público brasileiro não aprovou muito a série. A produção conquistou algumas marcas importantes, como o fato de ter se tornado a série de língua não-inglesa na Netflix mais assistida nos Estados Unidos. E não foi só o público internacional que aprovou, a crítica também foi só elogios.

Na trama, acompanhamos um futuro pós-apocalíptico não muito distante, o planeta é um lugar devastado. O Continente é uma região miserável, decadente e escassa de recursos, no Brasil. Aos 20 anos de idade, todo cidadão recebe a chance de passar pelo Processo, uma rigorosa seleção de provas físicas, morais e psicológicas que oferece a chance de ascender ao Mar Alto, uma região onde tudo é abundante e as oportunidades de vida são extensas. Entretanto, somente 3% dos inscritos chegarão até lá.

6 – Labirinto Verde

Labirinto Verde, ou Black Spot, é uma premiada série francesa lançada em 2017 pelo canal France 2 e distribuída mundialmente pela Netflix.

Ela conta a história de Villefranche, uma pequena cidade isolada em meio a floresta e às montanhas, que vem se transformando aos poucos num local de alta criminalidade. Quando o corpo de uma mulher é encontrado pendurado em uma misteriosa árvore, a inspetora policial Laurène inicia uma minuciosa investigação.

Com uma bela fotografia, uma trama extremamente envolvente e misteriosa, ela conta com vários elementos de mitologia celta e suas divindades.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO! ❤

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta