Dicas

10 séries parecidas com Bridgerton para você maratonar hoje mesmo

Bridgerton chegou na Netflix no final de 2020 e rapidamente se tornou um dos maiores fenômenos do ano, e isso se deve a dois principais motivos: sua produção por Shonda Rhimes, criadora de Grey’s Anatomy, e por ser baseada na série best-seller de Julia Quinn, que já conta com oito volumes atualmente.

Com uma história envolvente e viciante, os assinantes praticamente maratonaram sua primeira temporada em um final de semana, e ficaram órfãos de sua história.

Para quem ainda não viu, fizemos um vídeo no nosso canal do YouTube falando tudo sobre sua segunda temporada: sua renovação, quando vai estrear, a história e tudo mais.

Confira:

Sabendo disso, fizemos essa lista com 10 séries que consideramos boas o suficientes para substituir Bridgerton enquanto você espera pelo lançamento dos seus novos episódios na Netflix. Mas antes de continuar, temos que pontuar algumas coisas:

Nessa lista, não temos séries apenas da Netflix, pois existe vida além dela e se você é assinante de outras plataformas, poderá complementar ainda mais seu desejo por boas histórias.

Nós utilizamos os seguintes critérios para essa curadoria: ser de época, ter drama, romance, mistério (não necessariamente algo sobrenatural, e sim uma história interessante), e, acima de tudo, ser boa de assistir.

Porém, elas não precisam ter essas quatro características ao mesmo tempo, claro. Um exemplo é Anne With An E, que cumpre os requisitos de ser de época, drama e uma ótima maratona para se fazer. Espero que entendam e curtam a lista!

PS: em algum momento, essas séries podem ser removidas dos seus respectivos catálogos. Portanto, prestem atenção nisso na hora que forem procurar.

Veja a lista completa:

The Crown (Disponível na Netflix)

Filha do rei George VI (Jared Harris), Elizabeth II (Claire Foy) sempre soube que não teria uma vida comum. Após a morte do seu pai em 1952, ela dá seus primeiros passos em direção ao trono inglês, a começar pelas audiências semanais com os primeiro-ministros.

Anne With An E (Disponível na Netflix)

A chegada de uma jovem órfã afeta todos na pequena cidade de Avonlea, começando pelos irmãos Matthew e Marilla, que decidem adotar um filho já em idade avançada.

The Spanish Princess (Disponível no Starz Play)

Catarina de Aragão, a princesa da Espanha, chega à Inglaterra ao lado de sua dama-de-companhia Lina, a fim de se casar com o príncipe Artur, com quem está prometida em casamento desde pequena. No entanto, a morte inesperada de seu marido a coloca em uma acirrada disputa pelo trono. Mas para que seus poderes estejam garantidos, ela agora precisa se casar com o Príncipe Harry, que um dia governará como o Rei Henrique VIII.

The Great (Disponível no Starz Play)

The Great conta a história do conturbado casamento da poderosa imperatriz Catarina (Elle Fanning) da Rússia com o czar Pedro III (Nicholas Hoult). Ambos mantinham casos extraconjugais e cultivavam um relacionamento explosivo.

Vitória: A Vida de Uma Rainha (Disponível no Globoplay)

A vida da rainha Victoria (Jenna Coleman) é elevada ao trono da Inglaterra e do Reino Unido aos dezoito anos de idade. Precisa então se acostumar com a posição de poder enquanto corteja o príncipe Albert (Tom Hughes) até seu casamento.

The Borgias (Disponível no Globoplay)

A família Bórgia foi uma proeminente dinastia italiana que ganhou muito destaque durante o período Renascentista. Rodrigo Bórgia (Jeremy Irons) é o Papa Alexandre VI, que se utiliza de suborno e várias artimanhas para manter sua posição na Igreja. Com a ajuda dos filhos, ele acaba ganhando muitos inimigos no Colégio de Cardeais, e precisa encontrar novas alianças.

The White Queen (Disponível no Starz Play)

Na Inglaterra de 1464, antes da Dinastia Tudor assumir o poder, a luta pelo trono era travada entre dois lados da mesma família: os York e os Lancaster. Dos York, o jovem e belo Eduardo IV é coroado rei, com a ajuda do manipulador Lorde Warwick (James Frain).

Outlander (Disponível na Netflix)

Outlander conta a história de Claire Randall (Caitriona Balfe), uma enfermeira em combate no ano de 1945. Ela é misteriosamente transportada através do tempo e mandada para 1743, e sua vida passa a correr riscos que ela desconhece. Forçada a se casar com Jamie Fraser (Sam Heughan), um cortês e nobre guerreiro escocês. Um relacionamento apaixonado se acende, e deixa o coração de Claire dividido entre dois homens completamente diferentes, em duas vidas que não podem ser conciliadas.

The White Princess (Disponível no Starz Play)

Ao fim da Guerra das Rosas, a princesa Elizabeth, da casa de York, é oferecida em matrimônio a Henry, da casa rival de Tudor, para que a paz possa retornar ao país. Porém o casamento não vai bem, pois chega aos ouvidos da princesa que Richard, seu irmão perdido, está conspirando para tomar o poder e reclamar o trono ao qual diz ter direito.

The Tudors (Disponível no Starz Play)

A esplêndida Inglaterra do Século XVIII era reinado de Henrique VIII (Johnathan Rhys Meyers). A série começa quando ele ainda está tentando alcançar o trono, à medida que se distancia de sua esposa e apaixona-se por Ana Bolena (Natalie Dormer). Auxiliado pelo Cardeal Wolsey (Sam Neill), ele chegou ao poder e manteve-se forte apesar das intrigas e armações. Na sua vida privada, ele tenta criar uma maneira de se divorciar de Catarina de Aragão (Marye Doyle Kennedy) para se casar com Ana Bolena, em meio a muitas disputas políticas e esquemas.

Reign (Disponível no Globoplay)

A série conta a história de Mary Stuart da Escócia e seu caminho até o poder, iniciando com sua chegada à França com 15 anos e seu noivado com o Príncipe Francis. Acompanhada de suas três melhores amigas, Mary precisa sobreviver às intrigas, inimigos e forças obscuras que tomam conta da corte francesa.


Também vai gostar!

Assista ao nosso vídeo no YouTube para quem quer dicas de séries românicas para assistir na Netflix. Ah, e não esqueça de se inscrever. Temos vídeos novos TODA semana!

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também