Curiosidades

A Voz Suprema do Blues, último filme de Chadwick Boseman, atinge 100% de aprovação no Rotten Tomatoes nos EUA

A Voz Suprema do Blues foi o último filme concluído de Chadwick Boseman, que estava programado para acontecer no dia 31 de agosto na Netflix, mas a plataforma lançou um comunicado oficial descrevendo o falecimento de Chadwick como “uma perda incrível”.

E agora, nos EUA, o longa acabou de estrar no catálogo da Netflix e está fazendo o maior sucesso. O longa foi aclamado pelos críticos e até o momento, conquistou 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, site responsável por agrupar críticas e dar uma porcentagem de aprovação.

Os maiores elogios do filme estão voltados para a atuação de Boseman, que muitos apostam ser indicação certeira na próxima temporada de prêmios do Oscar 2021.

Co-estrelando a vencedora do Oscar Viola Davis no papel principal, A Voz Suprema do Blues se passa em Chicago, década de 1920. A tensão só aumenta entre os músicos que aguardam em uma claustrofóbica sala de ensaio a lendária e revolucionária “Mãe do Blues”, Ma Rainey (Viola Davis). Atrasada para a sessão de gravação, Ma trava uma batalha com seu produtor e empresário branco em defesa do controle sobre sua música. Enquanto a banda espera, o ambicioso trompetista Levee (Chadwick Boseman) – interessado na namorada de Ma e determinado a trilhar seu próprio caminho na indústria da música – faz o clima esquentar entre os músicos com uma profusão de verdades e mentiras que mudarão para sempre o rumo da vida de todos.

Colman Domingo, Glynn Turman, Michael Potts, Taylour Paige e Dusan Brown completam o elenco. O filme é dirigido por George C. Wolfe.

Aqui no Brasil, A Voz Suprema do Blues está programado para ser lançado em 18 de dezembro.

Assista o trailer:

Já conhece nosso canal do YouTube? Lá tem vídeo toda semana. Se inscreve!
Deixe seu comentário

Leia também